quarta-feira, 13 de junho de 2007

Quantas vezes pode-se usar o óleo para frituras?

Sabe-se que o óleo de frituras, além de poluir o meio ambiente quando descartado incorretamente, também prejudica a nossa saúde se usado muitas vezes, pois libera toxinas. Abaixo seguem algumas dicas de como utilizá-lo de maneira adequada.



Regras para uma boa fritura:

1. Utilizar apenas óleos e outras gorduras que resistam bem a altas temperaturas, sem se degradarem. Exemplos disso são os óleos ricos em gorduras monoinsaturadas e saturadas: azeite, óleo de amendoim e banha. Os óleos ricos em gorduras poliinsaturadas (óleo de milho, girassol, soja, etc.) são contra indicados para fritar, já que não suportam altas temperaturas, degradando-se rapidamente.

2. O volume de gordura utilizado deve ser pelo menos três vezes o do alimento.

3. Aquecer bem o óleo a 160º-180ºC, e introduzir o alimento apenas quando o óleo estiver na temperatura certa (caso contrário, ao introduzir o alimento num óleo pouco quente, a temperatura vai baixar e não se forma a crosta à superfície do alimento; desta forma vai obter um alimento praticamente “cozido” em gordura e muito mais calórico, pois ocorre grande absorção de gordura para o interior).

4. Para não ultrapassar a temperatura certa (180ºC, no máximo 200ºC), preferir uma frigideira equipada com um bom termostato. Caso não seja possível, considere que o óleo começa a estar na temperatura certa, quando se formam “bolhinhas” e aparece uma ondulação crescente.

5. Não utilizar um óleo que, depois de quente, comece a libertar cheiro intenso e fumaça escura.

6. Sempre que possível, secar bem o alimento antes de o introduzir no óleo quente, para evitar que a água à superfície deste, faça baixar muito a temperatura do óleo.

7. Colocar pouca quantidade de alimento de cada vez, mais uma vez, para não diminuir a temperatura ótima do óleo.

8. Quando retirar o alimento, deixar escorrer bem o óleo na escumadeira e colocá-lo sobre papel de cozinha absorvente (ou simples guardanapos de papel), para eliminar maior quantidade de gordura.

9. Depois de arrefecer, filtrar cuidadosamente o óleo utilizado, para serem removidos resíduos sólidos formados.

10. Conservar a gordura filtrada num recipiente fechado e opaco à luz (ou afastado desta), para evitar a sua oxidação.

11. Renovar completamente a gordura depois de esta se apresentar escura, não a utilizando mais do que 8-10 vezes (este número depende da quantidade e tipo de produto frito, e pode ser muito inferior ao indicado).

12. Nunca juntar nova gordura à outra que já foi aquecida.

Fonte:
Nut. Florbela Mendes
Lisboa - Portugal
Site: http://www.florbelamendes.net/

13 comentários:

míriam disse...

Muito esclarecedor. Parabéns e obrigada.
Míriam.

Carlos Eduardo Nascimento Gomes disse...

Muito obrigado pelas informações!

Carlos Eduardo Nascimento Gomes disse...

Post muito útil

Ariel Alves Dutra disse...

Muito obrigado pelas dicas!

graca silva toledo disse...

Obrigado pela informação o oleo de amendoin e banaba e dificil de se encontrar no mercado .

graca silva toledo disse...

Obrigado pela informação o oleo de amendoin e banaba e dificil de se encontrar no mercado .

Davi Loureiro disse...

Bacana, obrigado!

Antonio Rodrigues da Silva disse...

Como é bom estar bem informado!

Luiz Fernandes disse...

Ponho a banha ou o óleo para aquecer e deixo um palito de fósforo virgem dentro da frigideira e só ponho as batatas para fritar quando o palito acende.É certo fazer isto? A que temperatura o óleo está? Gostaria de uma resposta. Muito grato.

Marconi Abreu disse...

Marconi Abreu

Para saber se o óleo esta na temperatura ideal não coloque fósforo altera o gosto, corte uma colher de pau e fique com a madeira toda vez que ligar o óleo vá colocando de vez em quando a madeira dentro do óleo ate que ele pareça que a madeira esta fervendo e o alimento não ficara com gosto de pólvora.

Marconi Abreu disse...

Marconi Abreu

Para saber se o óleo esta na temperatura ideal não coloque fósforo altera o gosto, corte uma colher de pau e fique com a madeira toda vez que ligar o óleo vá colocando de vez em quando a madeira dentro do óleo ate que ele pareça que a madeira esta fervendo e o alimento não ficara com gosto de pólvora.

BB Braços e abraços disse...

<Marconi Abreu
Porque tem que cortar a colher de pau? Não pode colocar a pontinha da colher ou afunda-la no óleo até onde der? Ou ainda utilizar um palito de dentes, o efeito não seria o mesmo? Vou ficar muito grata se vc me esclarecer essa dúvida.

BB Braços e abraços disse...

<Marconi Abreu
Porque tem que cortar a colher de pau? Não pode colocar a pontinha da colher ou afunda-la no óleo até onde der? Ou ainda utilizar um palito de dentes, o efeito não seria o mesmo? Vou ficar muito grata se vc me esclarecer essa dúvida.